O que a demissão ensinou para Lucy

Você já enfrentou este desafio? O que uma demissão pode nos ensinar?

demissao 4

Lucy é uma profissional da área de contabilidade, desde pequena gostava de números, contas e cálculos. Os familiares de Lucy já imaginavam o que ela poderia ser quando crescesse. E foi o que realmente aconteceu.

Ela começou a sua carreira profissional muito cedo. Aos 17 anos já começou a trabalhar como auxiliar de contabilidade, pois durante o ensino médio fez um curso técnico na área.

Quando teve mais condições financeiras, ingressou em uma faculdade para cursar o tão desejado curso superior em Contabilidade.

Sua habilidade com os números fazia dela uma excelente profissional técnica, com grande conhecimento específico.

Está seguindo esta carreira há 15 anos, mudou poucas vezes de empresa, mas para alcançar cargos e salários melhores, nunca havia sido demitida. Planejava sua carreira, fazia cursos dentro da área, fez duas pós-graduações voltadas para área de contabilidade e falava fluentemente inglês e espanhol.

A demissão

Infelizmente, aconteceu o pior, ela foi demitida. Lucy, uma profissional muito competente que nunca havia perdido um emprego, estava diante da pior situação: a demissão.

Ela ficou desesperada. Não acreditava no que estava acontecendo. Não entendia o porquê isso aconteceu com ela. Passou um mês trancada em casa, chorando, se lastimando, sem saber o que fazer para onde ir.

Estava completamente perdida, por mais que buscasse, não encontrava as respostas.

O conselho

Até que um dia, seu grande amigo, João, vendo sua triste situação, não estava mais reconhecendo aquela excelente profissional e resolveu fazer uma pergunta:

– Lucy, isso foi a pior coisa que poderia ter acontecido com você?

– Sim! Nunca imaginei que poderia ter sido demitida. Sempre fiz um ótimo trabalho, tenho muito conhecimento sobre contabilidade, tenho anos de experiência. Isso nunca deveria acontecer com profissional assim – disse Lucy.

– Então, Lucy, o mercado de trabalho mudou. E mudou muito nos últimos anos. E vejo que você ficou centrada apenas em aprender cada vez mais sobre contabilidade.

– Esse é meu objetivo, ser uma excelente profissional! – disse Lucy indignada.

João ainda questionou: Mas será que esse objetivo estava alinhado com as expectativas da empresa? Por que você não procura seu ex-chefe para conversar e entender o motivo da demissão?

Lucy estava relutante com a ideia de seu amigo João, mas aquela conversa a deixou pensativa, e mais pensativa. Até que tomou uma decisão: resolveu procurar seu ex-chefe para receber um feedback.

O aprendizado

Lucy marcou de conversar com ele em um café, fora da empresa, por mais medo que tivesse, a sua curiosidade em saber o motivo da demissão era maior.

– Tiago – disse Lucy – sempre fui uma ótima e competente profissional, então, por que fui demitida?

– Lucy, quando a demiti, você nem me deu chance de conversar e explicar o porquê de tudo. É verdade que a empresa está em dificuldades, cortando custos, estamos em um momento de crise, mas o motivo para eu escolher entre você e a outra profissional foi sua habilidade de comunicação interpessoal. Você sempre foi muito fechada, em alguns momentos parecia um robô trabalhando, todos os projetos que você apresentou na empresa não foram aprovados. Sabe por quê? O alto escalão nunca gostou das suas apresentações, chegaram a me dizer que você parecia não ter gosto pelo trabalho. Você ficava distante dos colegas, em alguns momentos parecia até arrogante.

– Mas como, Tiago? Sempre apresentei os melhores resultados, você sabe bem disso!

– Sim, mas faltava aquela vontade de fazer as coisas acontecerem, isso, infelizmente, você nunca demonstrou.

Lucy encerrou a conversa. Foi para a casa muito decepcionada, não esperava escutar isso, sempre acreditou que a demissão foi por alguma falha no quesito técnico e nunca por uma questão comportamental.

A mudança

Decidiu procurar seu amigo e mentor João para entender o que precisar melhorar. Depois de longas conversas, Lucy entendeu que a demissão não era o fim, mas sim uma possibilidade que se abria a sua frente. Era apenas um passo a seguir em frente e superar os obstáculos.

Como já era uma profissional com amplo conhecimento técnico, procurou estudar e fazer cursos para melhorar sua capacidade de comunicação e interação com as pessoas. E isso lhe abriu várias portas.

Percebendo o seu esforço em se capacitar, seu ex-chefe Tiago a indicou para uma vaga em outra empresa. Na qual ela está até hoje, superando os desafios e melhorando a cada dia.

A história de Lucy é um relato de como nós precisamos de um desafio, um empurrão, às vezes nada agradável, para sermos melhores profissionais.

Se você quer saber como Lucy se aprimorou, acesse aqui!

Boa leitura! Até a próxima!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.