Como aprender com os atletas dos Jogos Olímpicos habilidades de liderança?

rio 2016

O momento atual e de vibrar e torcer pelos Jogos Olímpicos Rio 2016.

Os jogos são uma grande oportunidade para o Brasil aprender tanto em questões públicas como a infraestrutura das cidades quanto nas questões de relações humanas e desenvolvimento pessoal.

Neste texto iremos abordar as habilidades dos atletas e sua relação com o potencial humano para liderança.

Os atletas em todas as modalidades são excepcionais, ou seja, o desejo de cada um é superar a si mesmo e aos concorrentes para alcançar a tão almejada medalha de ouro.

Na vida pessoal e profissional nosso desejo é o mesmo o que queremos é sempre vencer os obstáculos e ganhar nossa medalha de ouro, só que no nosso caso, a medalha é um sonho a ser realizado, por exemplo, um novo emprego, um cargo de gerente ou diretor, abrir a própria empresa, ser mãe, ser pai, comprar uma casa, e por aí vão muitos sonhos.

Os objetivos são diferentes, mas a forma de consegui-los é a mesma tanto para os atletas quanto para nós que não somos atletas.

Os atletas desenvolvem ao longo de sua trajetória, diversas habilidades emocionais e pessoais para conseguir o que desejam, isso vale para os profissionais que buscam o sucesso.

Atletas de sucesso procuram desenvolver seu equilíbrio emocional, ou seja, eles não deixam de sentir as emoções, pois não são robôs, mas as transformam para seu favor, conseguem identifica-las e trabalhar da melhor maneira com elas para que na hora das provas e jogos estejam preparados para o que acontecer.

O equilíbrio emocional é muito importante para se tornar um líder eficaz.

Depois de aprender a lidar com as emoções e aproveitar o melhor que elas podem oferecer, o atleta precisa de concentração, ou seja, precisa construir seu foco no que é mais importante para se fazer.

Mesmo com equilíbrio emocional e concentração, as atividades dependem de fatores externos à vontade do atleta, e ele pode perder ou errar em muitos momentos, para isso ele precisa saber lidar com a frustração, e não desistir no primeiro erro. Essa habilidade é o que faz a diferença em os líderes sucesso. Dentro das organizações, existe muita intolerância aos erros quando na verdade deveria existir um ambiente que ajudasse os profissionais a lidar com seus erros e assim melhorarem sua capacidade profissional.

Outras duas habilidades que pertencem aos atletas e estão interligadas à liderança são a autoconfiança e a motivação, sem essas habilidades bem trabalhadas, nem os atletas e nem os líderes conseguem se manter eficazes por muito tempo. Essas duas habilidades são conseguidas através do desenvolvimento do autoconhecimento e do conhecimento sobre as suas limitações e forças pessoais.

O desenvolvimento do equilíbrio emocional, da concentração, saber lidar com a frustração, autoconfiança e motivação dependem da capacidade do atleta e do líder em serem disciplinados com o que propõem para suas vidas e paras as pessoas que lideram, sua equipe.

Assim que alcançamos a disciplina, conseguimos força e engajamento para lutar pela nossa medalha de ouro.

Essas são as dicas dos atletas para você melhorar sua capacidade de liderar e construir de forma mais criativa o ambiente organizacional a que pertence.

Até a próxima,

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s